quinta-feira, 16 de agosto de 2012



São clandestinos  os dedos que percorrem a noite. Silenciosos. Sóbrios. Severos. Só nos seus passos se revelam as marés.

HFM - Agosto 2012

3 comentários:

O Puma disse...


Na verdade

Ad astra disse...

o insólito segredo das marés

heretico disse...

em verdade são dedos mágicos. levantando marés...

beijo