sexta-feira, 9 de abril de 2010

Ilusão de óptica




Nem um traço cruzando o céu
nem uma onda vibrando no mar
plano o oceano se aconchegou ao Cabo
no remanso da manhã indecisa

longe onde só a vista o descreve.

HFM - Ericeira, 3 de Abril de 2010



4 comentários:

Mar Arável disse...

Ver

olhar

eis a diferença

heretico disse...

olher... ver ... e sentir...

beijo

Ad astra disse...

longe onde só a vista o descreve


- traço vibrando na manhã

bettips disse...

...sem palavras para os sentimentos, essa praia, baía, arribas são-me tão queridas (e pouco lá estive...). Que fico feliz por vê-la aqui no esquisso.