segunda-feira, 25 de junho de 2012

Anoitecidos


da net


Traços na noite delimitam o espaço e o tema. Recorrente são as histórias e as curvas e contracurvas com que as construímos. Imaginários a que desconhecemos a origem. Solidões que recortamos nos temas que construímos, nas imagens que deformamos, nos diálogos que, em nada, se assemelham aos da rotina.
Assim se dedilha a noite. Assim a vida ganha outros delírios onde ao expormo-nos nos retomamos.

HFM -25 de Junho de 2012

6 comentários:

jrd disse...

Assim recomeçamos, apesar de tudo, inteiros.
:)

heretico disse...

no cenário da noite - as "personas" que jogamos.

belissimo teu texto.

beijo

Ad astra disse...

dedilhando as palavras

que fazem melodia

bettips disse...

E assim envelhecemos anoitecidos.
Nas "Conchas" as curvas da memória. Lá fora, o tropel dos olhos.
Bjinho

mfc disse...

Na noite podemos ser nós...

Mar Arável disse...

Noites candentes