quinta-feira, 10 de dezembro de 2009





Quando te perguntei das horas não era do tempo que falava. Tão só do tempo inscrito no relógio.

O outro tempo? Chegar-nos-iam as horas?


HFM

9 comentários:

Maria disse...

Belíssimo, como de costume. Só que hoje tinha de o dizer... é soberbo!

:)

jrd disse...

O outro tempo é um Tempo de não ter tempo.
Abraço

Teresa Durães disse...

o outro tempo será o mais intricado, o tempo psicológico que varre ou pára as imagens.

gostei!

bettips disse...

A precisão do tempo.
Amar não tem tempo
nem sol que lhe marque
a sombra.
Por isso os olhos se fecham, instantes.
(linda a esquina desse)

Ad astra disse...

quando nunca chegam as horas de um outro tempo

falta tempo ao tempo
falta um tempo por inventar

Ad astra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mar Arável disse...

De facto

O outro lado do tempo

maria manuel disse...

o outro tempo, o nosso tempo, o tempo além do tempo... magníficas as suas palavras.

heretico disse...

certo o Tempo. sem horas...

beijo