sábado, 12 de dezembro de 2009

Desassossegada


Hoje estou sem estar
uma ponte entre ser e viver
um vazio que não preencho
a secura indiferente que os olhos
cavam no dia. E as cores
escorrendo, cá dentro, como
uma aguarela sem tintas
só a transparência das horas
e os passos por percorrer.

Melodias sem clave nem instrumentos!



HFM - Lisboa, 12 de Dezembro de 2009

7 comentários:

Graça Pires disse...

"um vazio que não preencho". Acontece tantas vezes quando há dentro de nós um desassossego permanente.
Um bom poema, Helena.
Um beijo.

addiragram disse...

O vazio, desenhado pelas palavras, abre seguramente a porta a novos lugares onde se podem reacender aguarelas tingidas de luz e vida.

Um beijo, amiga!

jrd disse...

Às vezes conforta estar algures entre nenhures e lado algum.
É como se fosse o vazio cheio.
Abraço

Licínia Quitério disse...

Um tempo suspenso, em desassossego.

Um beijo.

Ad astra disse...

os passos por percorrer são os que mais gosto...

há dias assim

heretico disse...

dolente. dorido...

melodioso. no entanto...

beijo

文章 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,自拍,情色論壇,性感影片,正妹