quinta-feira, 15 de julho de 2010

Sabedoria


na areia encosta a cabeça
entranha-te com o sol na tua pele
goza o momento


o mar lavará todas as dúvidas.

HFM - Ericeira, 14 de Julho de 2010



6 comentários:

A Miúda dos Abraços disse...

O mar lava-nos a Alma de tudo o que é secundário =)

jaime disse...

A autêntica estação

É verão. Vou pela estrada de sintra
por sinal pouco misteriosa à luz do dia
ao volante de um carro que não é um chevrolet
e nesse ponto apenas se perdeu a profecia
Não há luar nem sou um pálido poeta
que finja fingir a sua mais profunda emoção
Chove uma chuva que me molha os olhos
e me leva a sentir as saudades do inverno. Talvez lá faça sol
e eu sinta aflitivas saudades do verão:
uma estação na outra é a autêntica estação.

Ruy Belo

jrd disse...

A explicação das marés.
Muito bom.

Ad astra disse...

se duvidas houvessem...

Ana disse...

Este mar é mágico :-)

maria manuel disse...

poema de pendor epicurista, palavras que tanto apetecem, Helena. um beijo.