segunda-feira, 22 de novembro de 2010



Underwood, Philly Shadow, quilted silk.



houve um momento
pausado e inóspito
nesse novembro
quando a arquitectura interna
se tornou cenário
e o trajecto a fazer
um mero aforismo

nem sombra
nem passagem
um código de fuga

um momento em novembro.



HFM - Lisboa, 18 de Novembro de 2010


5 comentários:

Ad astra disse...

inóspito Novembro

jrd disse...

Interioridades Outonais.

Até um dia destes.
Abraço

Ana disse...

Momento poético! Pausa para uma fuga à sombra dos dias!

carlos pereira disse...

Cara Helena;
O momento, quase sempre breve, breve demais, mas longo no recordar das memórias.
Belo poema.
Gostei imenso.
Um beijo.

maria manuel disse...

um momento interior, de fuga ao que em redor se torna inóspito.
gostei muito do poema.
beijo, Helena.