quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Haikais

falésia térrea
despenhando-se no mar
erosão humana

os flamingos rosa
exibem-se no pântano
outra passerelle

lãs multicolores
transformam juta em tapetes
pontos de artesã

o vento insurrecto
rodopia nas pessoas
quebram-se vaidades

dunas verdejantes
sobre a areia e o mar
pingos de miragem.

HFM - in Resist(ir) Assim, Poesia a Doze, Editorial Minerva, 2000

20 comentários:

Ana disse...

Para saber ler, basta saber sentir.
Obrigada, Helena, pelas falésias e pelas dunas.

ma grande folle de soeur disse...

Das precisosidades!... :))

CNS disse...

Escorre cor nesta tela feita poema...

Miguel Barroso disse...

muito bem! gostei!



Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

J.T.Parreira disse...

Ah a velha Minerva!
Gosto de todos estes Haiku, especialmente deste:

"o vento insurrecto
rodopia nas pessoas
quebram-se vaidades"

Um abraço

J.T.Parreira disse...

Esqueci-me: Helena posso editar o do vento no Poeta Salutor? Grato

ângela marques disse...

Excelentes...

É deslumbrante a dimensão da singeleza!

Teresa Durães disse...

gostos deste Haikais

mfc disse...

Dias diferentes, olhares diferentes, sentires diferentes...
A mesma perspicácia, verdade e atenção ao que acontece.

bettips disse...

Estas, sim e também, são as preciosidades orientais (tuas) que me encantam sempre. Este tanger as palavras como uma pluma.
Bjinho

vida de vidro disse...

Tanta beleza contida nesta aparente simplicidade! **

addiragram disse...

Sinto os materiais brotando das mãos de quem trabalha o poema com os instrumentos do pintor!

Graça Pires disse...

O modo de dizer muito com poucas palavras. Foi o que fizeste de um jeito lindíssimo. Um beijo.

Era uma vez um Girassol disse...

Como sabes adoro haicais...
Lindos, lindos....
Beijinho da flor

Justine disse...

Artesã da palavra, tens aí uma tapeçaria tecida com o calor dos afectos. Muito belo

Luis Eme disse...

miragens multicolores...

heretico disse...

ler com os olhos de emoção. poética.

admirável talento. o teu

beijos

Ad astra disse...

ponto por ponto

maria m. disse...

gostei imenso dos haikais! pérolas.

Ad astra disse...

despenhei-me num mar rosa flamingo

não, não foi miragem.

(sabes que me ofereceram este livro?)