quinta-feira, 7 de maio de 2009

Nos sarilhos do mar

à revelia da sombra
corria o sorriso
enigma de ternura na textura do mar


como um cello murmurava a onda.


HFM - Lisboa, 2 de Maio de 2009

11 comentários:

Ad astra disse...

no dissipar das sombras

um murmúrio que enche a alma...



8MWD

jrd disse...

Sorrisos de espuma, músicas próximas.
Abraço

Teresa Durães disse...

e forma a melodia

mfc disse...

É aí a ver o mar que apetece...

Ilidio Soares disse...

"como um cello murmurava a onda". Algo mais precisa ser comentado? Mudo aqui. bjos

maria m. disse...

e o sorriso era o canto do mar...

Licínia Quitério disse...

um pequeno amor...talvez

muito bonito

Justine disse...

Sinto-me embalada pela música do teu texto:))

heretico disse...

musical a onda. na textura da ternura...

beijo

J.T.Parreira disse...

Aí por Berlim, se leres isto, Helena, gostaria de dizer que sempre achei as ondas como a música concreta do mar.
Abç.

maltes disse...

E que melhor melodia do que a do mar quando abraça os areais.
Lindissimo.
Beijo.