domingo, 24 de maio de 2009

Sem título

só um som
cortando o silêncio
a voz ausente


Berlim, 16 de Maio de 2009

8 comentários:

Luis Eme disse...

às vezes acontece.

especialmente entre o silêncio...

abraço Helena

J.T.Parreira disse...

Helena, se estivesse em Berlim, creio que sentiria o mesmo. Há uns anos estive em Nuremberga e senti o grito justiceiro de 6 milhões de pessoas!
Um abraço

Graça Pires disse...

Um silêncio cheio de poesia.
Um beijo Helena

mariab disse...

disseste tudo. e tão bem...
beijo

Ad astra disse...

raro dom, esse de escutar o silencio

nem todos o conseguem...

jrd disse...

Sem título mas com som...
Abraço

maria m. disse...

muito bonito.

Anónimo disse...

só um som para o poema.

(obrigada, Helena)

cláudia (blue sem login)