domingo, 31 de maio de 2009

Citando # 199

Solidão não é falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo. Isso é carência.



Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar. Isso é saudade.



Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes, para realinhar os pensamentos. Isso é equilibrio.



Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsivamente para que revejamos a nossa vida... Isso é um pricípio da natureza.



Solidão não é o vazio da gente ao nosso lado. Isso é circuntância.



Solidão é muito mais que tudo isto. Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão a nossa alma.





Frase atribuída a Chico Buarque da Holanda e retirada daqui

7 comentários:

BlueShell disse...

A solidão dói…a saudade também!
BShell

jrd disse...

A Solidão não está ao alcance de todos.

Graça Pires disse...

Um texto muito lúcido com o qual concordo. Mas há inúmeras formas de solidão...
Um beijo Helena.

Teresa Durães disse...

e as definições descritas são tão verdadeiras.

Justine disse...

Pode ser...mas também é muito mais que isso

AnaMar (pseudónimo) disse...

...E não a encontramos.
Bjs

maria m. disse...

gostei de ler esta reflexão.