quinta-feira, 17 de setembro de 2009




foto de hfm - Londres - Regent's Canal


sei de ti quando te respiro
como a manhã sabe da lua.

7 comentários:

Ana disse...

Tão simples como belo!

Ad astra disse...

um poema

quase um sopro

um sossego...

Graça Pires disse...

Na periferia da manhã, o amor...
Um beijo, Helena.

Justine disse...

Uma pequena pérola, preciosa e bela, o teu poema...

Luis Eme disse...

tão curto e tão intenso.

abraço Helena

jrd disse...

Felizmente há luar neste belo poema.
Abraço
bfs

heretico disse...

breve e delicada é a respiração do orvalho...

beijo