quarta-feira, 8 de setembro de 2010




um canto silente
nas pedras que falam


ao sol gargalhava a fonte

HFM - Ericeira,8 de Setembro de 2010

7 comentários:

ma grande folle de soeur disse...

fresco e bonito :) besos

Maria disse...

que fresco...
(quase se ouve o canto)

:))

Mar Arável disse...

do ventre até

à foz

jrd disse...

Felizes as pedras que bebem o riso da fonte.

Simone Huck disse...

E qual "voz" seria a mais bonita?
Um perfeito coral !!!

Graça Pires disse...

Dizemos que as pedras têm alma...
Um beijo.

heretico disse...

Poesia pura.

como água fresca. bebida. na concha das mãos.

beijo