sexta-feira, 26 de março de 2010

Sem título


secaram-te na boca as palavras
enquanto se ouvia um andamento
um nocturno
refulgindo na noite acre


como uma cicatriz dissolvendo-se.

HFM - Lisboa, 2 de Março de 2010



7 comentários:

António Baeta disse...

Secando as palavras na boca como uma cicatriz a dissolver-se - que imagem!!!

jrd disse...

Marcas efémeras.

heretico disse...

dissolvendo-se em movimento lento.

pianíssimo.

beijos

fernanda s.m. disse...

Sabe bem passar por aqui...

Calma ...

Isabel disse...

A dor seca todas as palavras e todos os sonhos.

Um abraço.

maria manuel disse...

as palavras secas ao som de um nocturno, como uma catarse das feridas interiores. bela imagem!

Ad astra disse...

palavras musicadas

em noite acre