quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Do diário



da ruína sobressai a coluna. única. quase intacta. leitura de um passado. aceno de um futuro. diário de bordo de uma pedra falante. bússola onde o norte do tempo nunca escapa ao sul - fusão de contrários.

na cidade perdida que a areia ocre invade impõe-se a coluna. verdadeiro marco de vivência.

como um sentimento que o tempo não consegue esbater.

HFM - 18 de Janeiro de 2010

5 comentários:

maria manuel disse...

há marcos assim, que sobrevivem à fugacidade do presente, testemunhos das "vivências" de muitas gerações; e, olhando-os, sentimos como uma estranheza ao imaginar que houve ali um passado remoto, que haverá ali um futuro muito depois de nós.

beijo, Helena.

jrd disse...

Uma coluna que sustenta o tempo.
Muito bom.

Ana disse...

"como um sentimento que o tempo não consegue esbater" ... a magia que trazes das tuas viagens.
Um beijo, Helena.

J.T.Parreira disse...

Helena, passo para lhe deixar ficar a minha frase de hoje no Facebook, que a Helena tal como o Antonio Machado, pode usar como sua: «Y al cabo, nada os debo; debéisme cuanto he escrito».
Abraço

文章 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,AV女優,美女,成人圖片區,080苗栗人聊天室